quarta-feira, 28 de abril de 2010

A descoberta.






Tudo começa de um jeito assustador. Primeiro uma suspeita, depois a pulsão e no fim o resultado. Na quinta-feira dia 28/04/10, por telefone recebi a noticia do meu pai, que foi bem claro:
-O resultado foi positivo, ela vai fazer a cirurgia e depois ira precisar quimioterapia.
E foi mais claro ainda de como eu deveria agir.
-Não chore quando chegar em casa, devemos passar toda confiança a ela, agora vamos lutar para sua mãe ficar boa!

É difícil se controlar. Meu chão se abriu e comecei a ver tudo com outros olhos.
Posso te dizer que em apenas algumas horas (até chegar em casa) amadureci 10 anos. Meus pensamentos começaram a me confundir e na mesma hora fui ao Google pegar todas informações possíveis (E não recomendo isso a ninguém, só faz confundir ainda mais a cabeça e não trás coisas boas.).
Você nunca imagina que isso pode ocorrer com você, com alguém que você ama, com a pessoa que você mais ama.
O erro do ser humano é pensar que temos aqueles que nos são preciosos para sempre e que também vamos viver para sempre.



Assim que cheguei em casa,não tinha ninguém, pude então me preparar pra tudo. Um tempo sozinha.
Chegaram logo após, meu coração ficou apertadinho, nem tinha o que falar mas precisava, então fui logo perguntando o que iria ser feito, como, onde. (apesar de saber que eles ainda não iriam ter respostas)
Nessa hora estava na net e aos meus amigos desabafei.

Apesar de tudo sentia que Deus estava comigo, me dando fortaleza para não chorar e sabedoria nas palavras.
Acredito que Deus sabe o que faz e só permite que uma pessoa carregue uma cruz que possa suportar, ele conhece minhas fraquezas mais do que eu mesma.

No outro dia decidimos começar a fazer os exames pré-cirúrgicos. E eu vou junto.
Quero está com minha mãe em todos esse momentos. Não quero perder um segundo de nada, quero ajudar a minha mãe a segurar essa cruz.

Antes de dormir abri a bíblia e fui rezar.. a palavra que Deus me mostrou através de um amigo foi:


"Em verdade, em verdade vos digo: o que pedires ao Pai em meu nome, ele vos-lo dará. Até agora não pedires nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita."

(joão 16, 23-24)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente, dê sua opnião!